Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade.

OK
pt
Massagem Japonesa

A história da massagem, essa deve ter começado na primeira dor: quando o Homem ao sentir desconforto, teve a reação instintiva de friccionar a área afetada. Mas a história da massagem japonesa começou na China!

Quando povos ancestrais descobriram que o princípio de toda a dor, doença ou desconforto está no desequilíbrio de "Qi" ou energia.

Os japoneses, no entanto, depois de aprenderem as técnicas através das escrituras chinesas, adotaram o estilo e melhoraram-no através da introdução de novas combinações! Combinações fantásticas para relaxar, eliminar o stress, reduzir a tensão muscular e a dor. 

Descubra mais sobre o poder relaxante e recuperador das massagens japonesas!

 

O que é a massagem japonesa?

Massagem japonesa é, como o nome indica, um tipo de massagem de origem japonesa que tem por objetivo o relaxamento e rejuvenescimento muscular, através da aplicação de um conjunto de movimentos e técnicas próprias.

Além de acalmar e reduzir o stress, a massagem japonesa relaxante também pode aliviar a dor e reabilitar, melhorando a circulação por todo o corpo e contribuindo para uma melhor taxa de recuperação contra lesões, torções e outras doenças.

Por outro lado, e dependendo do quadro sintomático do paciente, a massagem japonesa relaxante pode dar lugar à massagem japonesa estimulante, mas seja qual for o caminho que usar para chegar ao seu destino, o resultado final é o mesmo: uma profunda sensação de bem-estar!

Tudo porque a massagem japonesa está incluída no grupo de terapias holísticas que tratam o paciente como um todo, corpo e mente. 

 

 

Manter a sua saúde com Shiatsu

Dentro dos principais tipos de massagens japonesas, o Shiatsu é a terapia mais conhecida e difundida em todo o mundo. Neste tipo de massagem japonesa, o paciente geralmente apresenta sintomas relacionados com dores musculares, dores de cabeça ou problemas digestivos.

Sintomas que desaparecem assim que o terapeuta exerce pressão com as mãos e os dedos (também pode usar os cotovelos, joelhos e pés) para despertar canais energéticos e libertar fluxos de energia vital que são responsáveis pelo equilíbrio e saúde do organismo.

Na verdade, o foco do Shiatsu é a saúde e não a doença, mas a técnica ajuda a curar: ativa a energia, equilibra o funcionamento dos órgãos, fortalece a resistência do organismo e funciona como coadjuvante no tratamento de problemas de saúde, físicos, emocionais ou psicológicos.

 

Manter a sua juventude com Korugi

Além do Shiatsu e da massagem japonesa relaxante ou estimulante, a massagem japonesa Korugi também tem merecido grandes elogios da parte de pacientes que querem rejuvenescer o rosto.

Trata-se de uma técnica de lifting facial japonês que alivia a tensão nos músculos da cara, reduz o inchaço, suaviza as rugas e proporciona uma aparência mais jovem. No Japão, em particular, a Massagem Korugi é conhecida por proporcionar uma aparência mais jovem, ajudando a dar ao rosto e ao queixo a forma de V, muito cobiçada na Ásia!

Na Europa, mais do que a forma em V, a Massagem Korugi foi ganhando fama por minimizar o processo de envelhecimento.

Esta técnica, em suma, aumenta a regeneração das células da pele e tecidos mais profundos, ajuda a relaxar e aliviar a tensão dos músculos da face, cabeça e pescoço.

 

Como surgiu a massagem japonesa?

A massagem japonesa surgiu no final do século XIX, início do século XX, mas a terapia em si remota aos antigos princípios da Medicina Tradicional Chinesa, que foi introduzida no Japão pelos monges budistas no século VI.

Há registos que indicam que há 5 mil anos atrás, a China já usava técnicas de massagem para equilibrar a energia vital, que com o tempo acabou por passar para o Japão onde nasceu uma variante da técnica chinesa Anmá (uma técnica de massagem que utiliza fricção e pressão nas partes mais tensas do corpo): o Shiatsu.

Bem mais tarde! Pois o Shiatsu só foi fundado oficialmente no Japão em 1940, por Tokujiro Namikoshi, e oficialmente reconhecido pelo governo japonês como uma terapia em 1964.

 

Técnica da massagem japonesa

A técnica da massagem japonesa consiste em aplicar acupressões, alongamentos e estiramentos para promover o bem-estar e o tratamento de problemas físicos, mentais, emocionais e energéticos do paciente.

Essa aplicação é feira através dos dedos, mãos, cotovelos e até mesmo os joelhos e pés do terapeuta, para estimular os meridianos. 

No fundo, as massagens japonesas usam diferentes manobras para atuar no sistema musculoesquelético e nos 12 diferentes meridianos ou canais de energia espalhados pelo corpo: para libertar tensões, equilibrar e proporcionar bem-estar físico e mental.

Benefícios da massagem japonesa

Os benefícios da massagem japonesa refletem-se a três níveis: físico, mental e emocional. E apesar de diferentes, as vantagens destes três níveis estão interligadas.

  • Relaxa;
  • Reduz a rigidez muscular;
  • Reduz dores e patologias crónicas, como dores lombares, enxaquecas, problemas musculares e articulares e problemas digestivos e respiratórios;
  • Estimula a circulação sanguínea;
  • Aumenta a imunidade;
  • Melhora a postura;
  • Melhora o aspeto da pele;
  • Alivia a tensão, reduz a ansiedade e diminui o stress;
  • Melhora a qualidade de sono;
  • Controla desequilíbrios emocionais;
  • Promove o bem-estar e um estilo de vida saudável.

 

Contraindicações da massagem japonesa

Agora que tomou nota dos principais benefícios da massagem japonesa e ficou com interesse em experimentar uma massagem japonesa na Genuine Tantric, conheça também as principais contraindicações:

  • Mulheres grávidas, salvo orientação médica;
  • Pessoas com osteoporose e outras doenças degenerativas musculares;
  • Pessoas com varizes, edemas, inchaços e fraturas;
  • Doenças oncológicas;
  • Hérnias discais graves.

Marque já a sua primeira massagem japonesa em Lisboa o no Porto! Conheça a oferta a nível de terapias holísticas com o selo de qualidade - Genuine Tantric.