Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade.

OK
Massagem Anmá

Definição de Massagem Anmá

Durante as massagens Anmá são utilizados técnicas terapêuticas e de relaxamento, como pressão, vibração ou alongamento, entre outras, sem utilização de óleos ou cremes e sem que seja necessário o cliente (pessoa massajada) retirar qualquer peça de roupa para usufruir da massagem.

Esta técnica é comummente utilizada em contexto laboral ou em situações em que o local da massagem seja público ou exposto ao público.

 

Origem da Massagem Anmá

Como qualquer terapia milenar é difícil precisar a origem da Massagem Anmá, mas relatos e documentos históricos indicam que esta técnica foi desenvolvida pela Medicina Tradicional Chinesa, há mais de 3.000 anos, embora a sua propagação seja realizada, maioritariamente, pelas correntes terapêuticas japonesas.

Anmá significa apertar (An) e esfregar (Má).

O objectivo desta técnica e terapia holística é aliviar tensão muscular, promover uma boa circulação sanguínea e induzir um estado de relaxamento através destas duas acções sobre os pontos energéticos que se encontram em todo o nosso corpo.

Benefícios da Massagem Anmá

Para além dos benefícios já referidos, o principal objectivo da Massagem Anmá é promover o fluxo de Chi (energia vital) no corpo e ainda combater várias doenças relacionadas com a pressão arterial, asma, insónia e de disfunção sexual.

 

Benefícios físicos: 

  • Alívio de dores crónicas;
  • Fortalece o sistema imunitário;
  • Promove o relaxamento muscular e do corpo, entre outros.

 

Benefícios mentais e espirituais: 

  • Melhora a concentração;
  • Melhora a autoestima;
  • Promove a sensação de bem-estar;
  • Promove o relaxamento mental;
  • Reduz a ansiedade, stress mental e emocional, entre outros.

 

Indicações e Contra-indicações da Massagem Anmá

A Massagem Anmá está indicada para:

  • Alívio de dores de cabeça, musculares ou menstruais;
  • Fibromialgia, tendinites e paralisia muscular;
  • Gastrite nervosa;
  • Gripes, constipações e bronquite asmática;
  • Problemas de circulação sanguínea;
  • Problemas nas articulações;
  • Relaxamento físico, mental e emocional;
  • Rinite e sinusite.

 

Contra-indicações da Massagem Anmá:

As massagens Anmá não devem ser aplicadas quando:

  • A paciente esteja grávida (até ao final do 1º quadrimestre);
  • O paciente seja portador de alguma doença contagiosa;
  •  O paciente seja portador ou esteja a realizar tratamentos de qualquer tipo de cancro (tumor maligno);
  • O paciente tem febre;
  • O paciente tem infecções na pele;
  • O paciente tenha realizado alguma cirurgia ou sofrido de alguma fractura recentemente.